Imprimir

Lâmpada LED "Dicróica" - Conhecendo Melhor

Escrito por Aldoberto. Publicado em Artigos e Notícias

As lâmpadas de LED de embutir chamadas de "LED dicróicas", compatíveis às dicróicas convencionais, consomem de 5 a 7W, têm vida útil em torno de 35.000 horas e não emitem o enorme calor típico das dicróicas comuns (halógenas).

Às vezes divulga-se a falsa informação que a lâmpada dicróica a LED não esquenta. Isso não é verdade. Todo LED de potência gera calor, que precisa ser irradiado por meio do corpo da lâmpada. Por isso, mesmo uma dicróica de LED esquenta, mas muito menos que uma dicróica convencional, que erroneamente é instalada em locais fechados e sem circulação de ar, elevando muito o risco de acidentes, principalmente quando utilizada combinada a móveis, caixilhos ou nichos de madeira.

A dicróica a LED melhora muito essa condição, pois gerando muito menos calor, fica em níveis aceitáveis e seguros, na maioria dessas aplicações, embora seja importante que o calor não seja retido em torno da lâmpada, a ponto do dissipador (corpo da lâmpada) não conseguir exercer plenamente sua função de resfriar o LED, já que um LED em temperatura maior dura menos, e se essa temperatura superar a especificada pelo fabricante para garantir a durabilidade superior a 30.000 horas, o investimento em uma dicróica de LED (bem mais cara que uma dicróica comum) pode se perder rapidamente, com a lâmpada durando muito menos de 1/3 do tempo que deveria ter de vida útil, queimando ou perdendo intensidade precocemente.

Fria, na dicróica de LED, é somente a luz emitida pelo LED. Assim, diferente da dicróica halógena, a de LED não esquenta o ambiente iluminado, os objetos e, por exemplo, os alimentos que estejam em seu foco de luz.

Assim, a dicróica a LED serve para nichos, sancas de gesso, vitrines de lojas diversas, iluminação decorativa e de destaque de obras de arte em galerias, em salas de eventos, auditórios, residências, hotéis, bares e restaurantes, embarcações, teatros e auditórios, museus, lojas de conveniência, etc., mas é importante que seja sempre avaliado se o ponto onde será instalada favorece a troca de calor com o ar ambiente, para que a lâmpada não seja "sacrificada" devido ao efeito térmico cumulativo em seu entorno.

Devido ao foco dirigido, o propósito de uma Lâmpada dicróica normalmente é destacar objetos ou ambientes, com alta definição de cor ou tonalidade de branco.

Para conhecer um pouco mais desse tipo de lâmpada, veja abaixo algumas importantes questões:

1. Continuando na questão do aquecimento da lâmpada dicróica convencional versus dicróica a LED, quanto exatamente se espera de temperatura em graus Celsius para uma lâmpada dicróica a LED?!

2. Por que as dicróicas a LED mais potentes geralmente são para 12VDC/12VAC e não 110VAC ou 220VAC?

3. Existem dicróicas em quais tonalidades de branco ou, tecnicamente falando, "temperaturas de cor"?

4. E coloridas, ou RGB, também podem ser ou são fabricadas?

5. Se para gerar intensidade luminosa compatível com uma dicróica convencional a dicróica a LED precisa consumir, atualmente, 5~7W, por que existem dicróicas de 1 ou 2W, que usam normalmente LEDs cilíndricos de 5 mm?


Vamos responder essas questões em breve, aqui mesmo. Acompanhe esse artigo.

Livros!
Loja!
Patrocínio!